Pilates e Mindfulness - Estúdio Pilates - Filipa Mayer

Pilates e Mindfulness

Pilates e Mindfulness

As técnicas Pilates e Mindfulness partilham um benefício comum: a capacidade de nos focar e fixar no momento presente. Olhemos para as raízes do Pilates e Mindfulness para compreender como se tocam e quais os pontos que os distinguem.

Em primeiro lugar, apesar de ambos – Pilates e Mindfulness, usarem o corpo como veículo para nos transportar até ao momento presente, distinguem-se pelo papel mais ou menos activo que requerem do próprio corpo. O Pilates convida o corpo ao movimento e o Mindfulness priveligia a quietude.

O papel da mente no Pilates

Desde a criação do método Pilates no início do século XX que está presente o estudo e interesse pela relação entre a mente e o corpo. No seu livro Return to Life Through Contrology (1945) Joseph Pilates afirmava que a “Contrologia é a coordenação completa do corpo, mente e espírito. Através da Contrologia você irá adquirir, inicialmente, o controlo completo do seu próprio corpo e então, através da repetição adequada de exercícios, adquirirá gradual e progressivamente  aquele ritmo e coordenação natural associados a todas  as suas actividades mentais e subconscientes”.

No mesmo livro encontramos os três princípios basilares do método Pilates: Saúde Integral do Corpo; Compromisso Total do Corpo e Respiração. Este conjunto de princípios torna clara a visão holística do ser humano que Joseph defendia, na qual os papéis indissociáveis do corpo e da mente são sublinhados. Tome-se como exemplo a descrição do segundo princípio – Compromisso Total do Corpo:  “Para obter as mais elevadas conquistas dentro do âmbito das nossas capacidades em todos aspectos da vida, devemos esforçar-nos constantemente para desenvolver corpos fortes e saudáveis e para desenvolver a mente até ao máximo das nossas competências”.

O que é o Mindfulness?

Praticar Mindfulness é conscientemente desligar o piloto automático e aceitar o convite (que na verdade pode ser um grande desafio) de prestar intencionalmente atenção ao momento presente e sem julgamentos. Uma das técnicas utilizadas é o body scan: focar a nossa atenção no corpo e nas sensações que este nos transmite. Será inevitável darmos por nós a “voar” para outros lugares, mas o importante é reconhecer os pensamentos que nos distraem do “aqui e agora”, não lhes dar importância, e deixá-los seguir viagem, para  nos voltarmos a focar na tarefa de conscientemente prestar atenção.

Pilates “aqui e agora”

Transportar o “aqui e agora” para a aula de Pilates é estar-se totalmente focado na tarefa que se tem em mãos (e quem diz mãos diz cabeça, coluna, pernas, pés enfim, todo o corpo!!). Uma das consequências (e também a grande vantagem) é que como não podemos pensar em duas coisas ao mesmo tempo, quando nos concentramos numa tarefa não sobra espaço para  outros pensamentos, normalmente negativos, repetitivos e que nos perseguem e assaltam várias vezes ao dia, roubando-nos qualidade de vida.

As  aulas personalizadas são o ambiente ideal para que as professoras do Estúdio Pilates possam orientar o aluno e ajudá-lo a regular a capacidade de atenção,  nomeadamente aumentando o desafio da tarefa. Assim, dependendo do nível de familiaridade do aluno com o método Pilates e da consciência corporal que tem, é-lhe proposto um exercício novo ou uma variação mais exigente que implique uma atenção total da sua parte, aliando Pilates e Mindfulness.

Se de repente o aluno dá por si em piloto automático rapidamente pode voltar ao comando prestando atenção a diferentes aspectos do movimento, tais como a qualidade da respiração e a sua relação com o movimento, a relação entre diferentes partes do corpo – mobilidade vs estabilidade, o ritmo ósseo, visualizar  a posição ou movimento da coluna no espaço, etc.

Ser sempre Mindful? É melhor não…

Os momentos “aqui e agora” desaceleram o tempo, permitem-nos pairar e ter uma visão mais global do que está a acontecer. Como se ao concentrarmo-nos no micro adquirissemos uma macro consciência que nos leva a tomar decisões mais ponderadas, a estar mais disponíveis para os outros, a desfrutar.

Embora seja verdade que os momentos de interiorização, quer seja sobre o corpo, as sensações, o exercício de Pilates ou outro elemento específico, são incrivelmente necessários na nossa vida agitada, não devem durar para sempre.

E ainda bem que assim é, pois ancorar  no “aqui e agora” no limite, levar-nos-ia a uma individualização concêntrica que nos isolaria do mundo e das relações interpessoais.

Vantagens para a vida do Pilates e Minfulness

A principal mais valia do Pilates e Mindfulness é, então, a sua eficácia a quebrar circuitos de espirais negativas de pensamento que tornam a vida num jogo viciado. Com esses circuitos cortados, abrem-se novos caminhos, e tornamo-nos mais atentos a novas possibilidades que dantes nos passavam ao lado.

O Pilates e mindfulness são muito úteis como ferramentas sempre ali à mão que nos auxiliam e capacitam para atingirmos o nosso potencial enquanto seres humanos: viver, pensar, imaginar e criar, com prazer e relativizando o sofrimento.

Benefícios do Mindfulness (Harvard Health Publications)

Para o bem-estar físico

  • Alivia o stress
  • Baixa a pressão arterial
  • Reduz a dor crónica
  • Melhora o sono

Para a saúde mental combatendo:

  • Depressão
  • Abuso de substâncias
  • Distúrbios alimentares
  • Conflitos entre casais
  • Distúrbios de Ansiedade
  • Comportamentos obssessivos-compulsivos

Para o bem-estar geral

  • Sensação de satisfação e traquilidade
  • Disponilidade para desfrutar dos prazeres da vida
  • Forte conexão com os outros

E claro todos estes benefícios chegam-nos também através do… PILATES.

 

Para mais informações sobre Pilates e Minfulness, contacte-nos.