PILATES

Lisboa   ,13/ 01/ 2012 . Entrevista a varios editores literarios  com sugestões de lvros   para 2012 .    (Paulo Spranger- Global Imagens  ).

O Pilates é um método de movimento criado por Joseph Pilates (1880-1967), que, graças à sua genialidade, não só se mantém actual, como vê o seu número de praticantes e de fãs aumentar de ano para ano.

O Pilates é um sistema que utiliza aparelhos inventados por Joseph: camas que deslizam, camas com armações onde se penduram molas, barris em forma de arco e cadeiras com pedais. Diferentes de todos os outros equipamentos que podemos encontrar num ginásio vulgar, no Pilates a utilização dos aparelhos pode fornecer assistência ao aluno durante a execução dos exercícios (ou seja, tornar mais fácil um movimento difícil), ou provocar resistência (neste caso, para dificultar o exercício). Em todos os casos,  o papel desempenhado pelo equipamento, que dá ao aluno um feedback imediato e permite ao cérebro registar novos e melhores padrões de movimento, é um dos elementos que marca a diferença. Esta é também a razão principal pela qual o Pilates é também cada vez mais utilizado em contextos de reabilitação. (Ver artigo, clique aqui)

Porquê praticar Pilates?

O Pilates é um sistema de treino, e o seu objectivo é melhorar a qualidade do movimento dos seus praticantes, elevando a sua condição e capacidade física a patamares mais altos. O video, que pode ver aqui, é um belo exemplo da forma como se treinam no Estúdio movimentos essenciais a tarefas altamente complexas.

No Pilates começamos por trabalhar, com cada aluno, aquilo que lhe é mesmo essencial para que possa avançar (por exemplo, se o aluno for um jogador de ténis e a sua coluna for pouco flexível, ele tenderá a utilizar apenas o seu braço para bater as bolas. Se trabalharmos a sua coluna, ele poderá dobrar a coluna para trás, o que, combinado com o movimento do braço, fará com que a potência da sua jogada seja muito maior. Além disso, o jogador prolongará a sua vida desportiva sem lesões!). (Ver video, clique aqui)

No Pilates evoluímos os alunos através da progressiva sofisticação dos movimentos, não nos limitamos a aumentar a carga ou o número de repetições de cada exercício!

Praticar Pilates, além de ser uma espantosa base de preparação para treinar outros desportos e melhorar a postura, exige também concentração, coordenação, fluidez, ritmo, precisão e a adequação da respiração à tarefa. Todos juntos, estes elementos traduzem-se num aumento da consciência corporal e dos sentidos. Porquê praticar Pilates? Porque os seus benefícios contribuem para um maior equilíbrio emocional, capacitando-nos para estar mais alerta, e podendo fazer dos nossos dias lugares mais alegres e felizes.

Pilates para todas as pessoas

Pilates para todas as pessoas é o nosso mantra!

Todas as pessoas podem praticar Pilates. Na base dessa afirmação está implícito que o praticante deve procurar professores competentes e certificar-se de que estes possuem uma formação completa, e uma experiência sólida.

No Estúdio Pilates Filipa Mayer, oferecemos  Pilates para todas as pessoas porque temos como princípio orientador desenhar, para cada aluno, o percurso certo, com o grau de dificuldade adequado e, sobretudo, que os exercícios sejam seguros para a pessoa que os executa: atletas, desportistas, grávidas, seniores,  adolescentes, alunos em recuperação de lesões, ou com incapacidades…

Adaptamos assim o método, para que, dos 9 aos 90, seja sempre vantajoso e possível praticar Pilates!